sábado, 15 de julho de 2017

UM DOS MATADORES DO ÍNDIO DO POÇO DE ITAPECURU, JA ESTÁ NA CADEIA.


A Polícia Civil do Maranhão-Delegacia Regional Itapecuru Mirim prendeu em flagrante delito EDUARDO CABRAL COSTA, 19 anos, vulgo DUDU, pelo crime de homicídio qualificado que vitimou o indivíduo conhecido como  ÍNDIO.
 Seu comparsa, FIIN, autor das punhaladas ainda está foragido e sua prisão preventiva ja foi pedida. O crime chocou a cidade tendo em vista o motivo fútil que foi o fato de ÍNDIO dizer a FIIN, no momento do jogo de baralho: joga malandro.
A equipe Morita começou imediatamente as investigações colocando um dos bandidos na cadeia. Agora falta o Dion.

Congresso aprova Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018 e mínimo será de R$ 979,00


Após concluir a votação dos vetos presidenciais, deputados e senadores aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que estabelece as prioridades e metas orçamentárias do governo para o ano que vem.
O texto, que segue para sanção presidencial, mantém a meta fiscal proposta pelo governo e prevê para 2018 déficit primário de R$ 131,3 bilhões para o conjunto do setor público consolidado (que engloba o governo federal, os estados, municípios e as empresas estatais).
Esta será a primeira LDO a entrar em vigor após aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos Públicos, que atrela os gastos à inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.
De acordo com o parecer do relator, Marcus Pestana (PSDB-MG), aprovado pelo Congresso, a aplicação do Teto dos Gastos faz com que exista a avaliação da possibilidade de expandir as despesas primárias (obrigatória e discricionária) tendo como base um aumento de cerca de 3% (ou um  incremento de aproximadamente R$ 39 bilhões), que corresponde à correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado entre  julho de 2016 e junho de 2017.
Entenda a LDO
A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.
O texto prevê o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 e aumenta a meta de déficit primário (Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União) do governo federal para o ano que vem, de R$ 79 bilhões para R$ 129 bilhões. Estatais federais terão como meta o déficit de R$ 3,5 bilhões – nos estados e municípios, a projeção é de superavit de R$ 1,2 bilhão.
Os números não consideram uma eventual aprovação da reforma da Previdência.
A LDO prevê ainda, para o ano que vem, crescimento real da economia brasileira de 2,5%, taxa básica de juros (Selic) em 9%, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,5% no ano e dólar a R$ 3,40 no fim do período.
Caso os números apresentados pelo governo na PLO se confirmarem, o ano de 2018 será o quinto consecutivo de déficit primário. Os saldos negativos contribuem para o crescimento da dívida do governo.
Com a aprovação da LDO, o Congresso pode entrar em recesso, que começa no dia 18 e vai até 31 de julho. É a primeira vez em três anos que os parlamentares aprovam a Lei de Diretrizes Orçamentária no primeiro semestre.

Congresso aprova Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018 e mínimo será de R$ 979,00


Após concluir a votação dos vetos presidenciais, deputados e senadores aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que estabelece as prioridades e metas orçamentárias do governo para o ano que vem.
O texto, que segue para sanção presidencial, mantém a meta fiscal proposta pelo governo e prevê para 2018 déficit primário de R$ 131,3 bilhões para o conjunto do setor público consolidado (que engloba o governo federal, os estados, municípios e as empresas estatais).
Esta será a primeira LDO a entrar em vigor após aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos Públicos, que atrela os gastos à inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.
De acordo com o parecer do relator, Marcus Pestana (PSDB-MG), aprovado pelo Congresso, a aplicação do Teto dos Gastos faz com que exista a avaliação da possibilidade de expandir as despesas primárias (obrigatória e discricionária) tendo como base um aumento de cerca de 3% (ou um  incremento de aproximadamente R$ 39 bilhões), que corresponde à correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado entre  julho de 2016 e junho de 2017.
Entenda a LDO
A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.
O texto prevê o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 e aumenta a meta de déficit primário (Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União) do governo federal para o ano que vem, de R$ 79 bilhões para R$ 129 bilhões. Estatais federais terão como meta o déficit de R$ 3,5 bilhões – nos estados e municípios, a projeção é de superavit de R$ 1,2 bilhão.
Os números não consideram uma eventual aprovação da reforma da Previdência.
A LDO prevê ainda, para o ano que vem, crescimento real da economia brasileira de 2,5%, taxa básica de juros (Selic) em 9%, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,5% no ano e dólar a R$ 3,40 no fim do período.
Caso os números apresentados pelo governo na PLO se confirmarem, o ano de 2018 será o quinto consecutivo de déficit primário. Os saldos negativos contribuem para o crescimento da dívida do governo.
Com a aprovação da LDO, o Congresso pode entrar em recesso, que começa no dia 18 e vai até 31 de julho. É a primeira vez em três anos que os parlamentares aprovam a Lei de Diretrizes Orçamentária no primeiro semestre.

Congresso aprova Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018 e mínimo será de R$ 979,00


Após concluir a votação dos vetos presidenciais, deputados e senadores aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que estabelece as prioridades e metas orçamentárias do governo para o ano que vem.
O texto, que segue para sanção presidencial, mantém a meta fiscal proposta pelo governo e prevê para 2018 déficit primário de R$ 131,3 bilhões para o conjunto do setor público consolidado (que engloba o governo federal, os estados, municípios e as empresas estatais).
Esta será a primeira LDO a entrar em vigor após aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos Públicos, que atrela os gastos à inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.
De acordo com o parecer do relator, Marcus Pestana (PSDB-MG), aprovado pelo Congresso, a aplicação do Teto dos Gastos faz com que exista a avaliação da possibilidade de expandir as despesas primárias (obrigatória e discricionária) tendo como base um aumento de cerca de 3% (ou um  incremento de aproximadamente R$ 39 bilhões), que corresponde à correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado entre  julho de 2016 e junho de 2017.
Entenda a LDO
A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.
O texto prevê o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 e aumenta a meta de déficit primário (Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União) do governo federal para o ano que vem, de R$ 79 bilhões para R$ 129 bilhões. Estatais federais terão como meta o déficit de R$ 3,5 bilhões – nos estados e municípios, a projeção é de superavit de R$ 1,2 bilhão.
Os números não consideram uma eventual aprovação da reforma da Previdência.
A LDO prevê ainda, para o ano que vem, crescimento real da economia brasileira de 2,5%, taxa básica de juros (Selic) em 9%, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,5% no ano e dólar a R$ 3,40 no fim do período.
Caso os números apresentados pelo governo na PLO se confirmarem, o ano de 2018 será o quinto consecutivo de déficit primário. Os saldos negativos contribuem para o crescimento da dívida do governo.
Com a aprovação da LDO, o Congresso pode entrar em recesso, que começa no dia 18 e vai até 31 de julho. É a primeira vez em três anos que os parlamentares aprovam a Lei de Diretrizes Orçamentária no primeiro semestre.

Congresso aprova Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018 e mínimo será de R$ 979,00


Após concluir a votação dos vetos presidenciais, deputados e senadores aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que estabelece as prioridades e metas orçamentárias do governo para o ano que vem.
O texto, que segue para sanção presidencial, mantém a meta fiscal proposta pelo governo e prevê para 2018 déficit primário de R$ 131,3 bilhões para o conjunto do setor público consolidado (que engloba o governo federal, os estados, municípios e as empresas estatais).
Esta será a primeira LDO a entrar em vigor após aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos Públicos, que atrela os gastos à inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.
De acordo com o parecer do relator, Marcus Pestana (PSDB-MG), aprovado pelo Congresso, a aplicação do Teto dos Gastos faz com que exista a avaliação da possibilidade de expandir as despesas primárias (obrigatória e discricionária) tendo como base um aumento de cerca de 3% (ou um  incremento de aproximadamente R$ 39 bilhões), que corresponde à correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado entre  julho de 2016 e junho de 2017.
Entenda a LDO
A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.
O texto prevê o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 e aumenta a meta de déficit primário (Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União) do governo federal para o ano que vem, de R$ 79 bilhões para R$ 129 bilhões. Estatais federais terão como meta o déficit de R$ 3,5 bilhões – nos estados e municípios, a projeção é de superavit de R$ 1,2 bilhão.
Os números não consideram uma eventual aprovação da reforma da Previdência.
A LDO prevê ainda, para o ano que vem, crescimento real da economia brasileira de 2,5%, taxa básica de juros (Selic) em 9%, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,5% no ano e dólar a R$ 3,40 no fim do período.
Caso os números apresentados pelo governo na PLO se confirmarem, o ano de 2018 será o quinto consecutivo de déficit primário. Os saldos negativos contribuem para o crescimento da dívida do governo.
Com a aprovação da LDO, o Congresso pode entrar em recesso, que começa no dia 18 e vai até 31 de julho. É a primeira vez em três anos que os parlamentares aprovam a Lei de Diretrizes Orçamentária no primeiro semestre.

Congresso aprova Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018 e mínimo será de R$ 979,00


Após concluir a votação dos vetos presidenciais, deputados e senadores aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que estabelece as prioridades e metas orçamentárias do governo para o ano que vem.
O texto, que segue para sanção presidencial, mantém a meta fiscal proposta pelo governo e prevê para 2018 déficit primário de R$ 131,3 bilhões para o conjunto do setor público consolidado (que engloba o governo federal, os estados, municípios e as empresas estatais).
Esta será a primeira LDO a entrar em vigor após aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos Públicos, que atrela os gastos à inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.
De acordo com o parecer do relator, Marcus Pestana (PSDB-MG), aprovado pelo Congresso, a aplicação do Teto dos Gastos faz com que exista a avaliação da possibilidade de expandir as despesas primárias (obrigatória e discricionária) tendo como base um aumento de cerca de 3% (ou um  incremento de aproximadamente R$ 39 bilhões), que corresponde à correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado entre  julho de 2016 e junho de 2017.
Entenda a LDO
A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.
O texto prevê o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 e aumenta a meta de déficit primário (Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União) do governo federal para o ano que vem, de R$ 79 bilhões para R$ 129 bilhões. Estatais federais terão como meta o déficit de R$ 3,5 bilhões – nos estados e municípios, a projeção é de superavit de R$ 1,2 bilhão.
Os números não consideram uma eventual aprovação da reforma da Previdência.
A LDO prevê ainda, para o ano que vem, crescimento real da economia brasileira de 2,5%, taxa básica de juros (Selic) em 9%, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,5% no ano e dólar a R$ 3,40 no fim do período.
Caso os números apresentados pelo governo na PLO se confirmarem, o ano de 2018 será o quinto consecutivo de déficit primário. Os saldos negativos contribuem para o crescimento da dívida do governo.
Com a aprovação da LDO, o Congresso pode entrar em recesso, que começa no dia 18 e vai até 31 de julho. É a primeira vez em três anos que os parlamentares aprovam a Lei de Diretrizes Orçamentária no primeiro semestre.

Congresso aprova Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018 e mínimo será de R$ 979,00


Após concluir a votação dos vetos presidenciais, deputados e senadores aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que estabelece as prioridades e metas orçamentárias do governo para o ano que vem.
O texto, que segue para sanção presidencial, mantém a meta fiscal proposta pelo governo e prevê para 2018 déficit primário de R$ 131,3 bilhões para o conjunto do setor público consolidado (que engloba o governo federal, os estados, municípios e as empresas estatais).
Esta será a primeira LDO a entrar em vigor após aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos Públicos, que atrela os gastos à inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.
De acordo com o parecer do relator, Marcus Pestana (PSDB-MG), aprovado pelo Congresso, a aplicação do Teto dos Gastos faz com que exista a avaliação da possibilidade de expandir as despesas primárias (obrigatória e discricionária) tendo como base um aumento de cerca de 3% (ou um  incremento de aproximadamente R$ 39 bilhões), que corresponde à correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado entre  julho de 2016 e junho de 2017.
Entenda a LDO
A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.
O texto prevê o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 e aumenta a meta de déficit primário (Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União) do governo federal para o ano que vem, de R$ 79 bilhões para R$ 129 bilhões. Estatais federais terão como meta o déficit de R$ 3,5 bilhões – nos estados e municípios, a projeção é de superavit de R$ 1,2 bilhão.
Os números não consideram uma eventual aprovação da reforma da Previdência.
A LDO prevê ainda, para o ano que vem, crescimento real da economia brasileira de 2,5%, taxa básica de juros (Selic) em 9%, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,5% no ano e dólar a R$ 3,40 no fim do período.
Caso os números apresentados pelo governo na PLO se confirmarem, o ano de 2018 será o quinto consecutivo de déficit primário. Os saldos negativos contribuem para o crescimento da dívida do governo.
Com a aprovação da LDO, o Congresso pode entrar em recesso, que começa no dia 18 e vai até 31 de julho. É a primeira vez em três anos que os parlamentares aprovam a Lei de Diretrizes Orçamentária no primeiro semestre.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

São Luís: Aprovado projeto que veta corte de energia às sextas e feriados no MA




César Pires é deputado estadual pelo PEN (Foto: Ag. Asembleia)

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira (13), o projeto de lei de autoria do deputado César Pires que proíbe a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) de cortar o fornecimento de energia elétrica de consumidores residenciais às sextas-feiras e vésperas de feriados.

A matéria, que pretende evitar que famílias carentes fiquem por longo período sem eletricidade em suas casas, vai agora à sanção do governador Flávio Dino. “Contamos com o espírito republicano do governador para atender às necessidades da população”, enfatizou César Pires.
O deputado declarou sua satisfação em contar com o apoio dos demais parlamentares à sua proposição. “A população, sobretudo os mais carentes, espera de nós iniciativas como esta, que visam amenizar o sofrimento das famílias que enfrentam sérias dificuldades financeiras e por isso ficam sem condições de arcar com suas despesas, sobretudo quando o corte ocorre fora do horário bancário”, destacou César Pires.
O deputado César Pires acrescentou que, na maioria das vezes, são famílias com crianças ou pessoas adoentadas que não conseguem nem dinheiro emprestado de imediato para quitar sua dívida.
Pelo projeto, a Cemar fica proibida de suspender o fornecimento de energia elétrica aos consumidores inadimplentes das 8hs das sextas-feiras até as 8hs das segundas-feiras, e das 8hs do dia útil que antecede um feriado nacional, estadual ou municipal, às 8hs do primeiro dia útil subsequente. O descumprimento acarretará em multa de R$ 3.000,00 por cada reclamação registrada.

Ao justificar o projeto, César Pires destacou que, sem desrespeitar o direito da Cemar de cobrar seus devedores, é preciso lembrar que a Constituição Federal tem como um de seus princípios a dignidade da pessoa humana e, segundo precedentes do Superior Tribunal de Justiça (STJ), “a suspensão do fornecimento de energia elétrica deve ser feita, quando for o caso, de modo a viabilizar a possibilidade de imediato pagamento, e de pronto retorno do serviço”.
“Este projeto, que espero ver sancionado pelo governador e transformado em lei, trará benefícios e respeito aos consumidores maranhenses.”, concluiu César Pires.
Fonte: imirante.com

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Equipe Morita! Polícia civil recupera moto e prende bandido

Tá assustado QQ?

Hoje, 10-7-17, por volta das 14:00 horas, a Polícia Civil de Itapecuru Mirim-MA, recuperou mais uma motocicleta, furtada de frente à um local onde acontecia uma festa no bairro Trizidela.
A moto pop, cor preta, estava estacionada, próximo ao local da festa.
Quando a proprietária saiu percebeu que haviam levado a mesma.
Moto pop recuperada.

Após investigações realizada pelos policiais, a referida motocicleta foi encontrada no bairro da Torre, na casa do elemento conhecido por Queirós, que já havia a escondido no quintal de sua casa.
Na oportunidade a moto foi encontrada e Queirós foi detido e levado para a Delegacia Regional para ser responsabilizado pelo seu ato criminoso.
EQUIPE MORITA!!!

Vereadores de Rosário trabalham durante o recesso


Mesmo de recesso no mês de julho os Vereadores continuaram se reunindo.
O vereador NECÓ em companhia dos parlamentares: Anselmo, Rachid, machado, Gilvan, Carlos e jonas. Protocolaram na manhã desta quinta feira dia 08/07/2017, documento solicitando da Prefeitura diversas informações sobre a utilização do dinheiro público dentro do município de Rosário Maranhão. 
Logo em seguida, seguiram o cronograma de visitas as obras inacabadas, na Escola da Comunidade de Pirangi do Bandeira. 
É o legislativo Rosariense fazendo seu papel, mesmo em recesso parlamentar. 
"Recesso não é motivo para parar de trabalhar. De acordo com o vereador NECÓ, “o recesso não significa que o vereador não trabalhe. 
Nós vamos continuar trabalhando em todos esses dias, informando à comunidade nossas ações e atendendo aos pedidos dos munícipes”, afirmou.
  #vereadores  #legislativo  #legislativoatuante  #infraestrutura  #educacao

ESTUPRADOR DE TUTÓIA LEVOU FUMO!

Na última quinta-feira (06), por volta das 14h, atendendo a solicitação do delegado da polícia civil de Tutóia-MA, os policiais militares daquele município se deslocaram até o povoado Cajazeiras, onde efetuaram a prisão de Flávio Fernandes Caldas, de 32 anos.
Flávio Fernandes é acusado de ter praticado um estupro a uma menor com 11 anos de idade naquela localidade.
Segundo relatos de familiares da vítima, o fato teria ocorrido na noite anterior a prisão. O acusado ainda teria tentado fugir do local, mas foi capturado pela equipe de policiais.
Ele foi apresentado no plantão central da delegacia de Tutóia, onde confessou a autoria do crime e está a disposição da Justiça para as providências atinentes ao caso.
Com informações do 16º Batalhão de Polícia Militar de Chapadinha, via blog do alpanir

Jovem morre eletrocutada em Jenipapo dos Vieiras


A jovem Cleitiany dos Santos Sousa Nepomuceno de 30 anos, morreu no ultimo domingo (09) vítima de uma descarga elétrica quando limpava a geladeira em sua residência.

Cleitiany, era casada com o professor Roberto Nepomuceno, ex-jogador do Cordino, deixa uma filha de 1 ano e 6 meses.


O prefeito Moisés Ventura, decretou luto oficial de três dias pelo falecimento de Cleitiany, que era agente administrativa da Prefeitura Municipal de Jenipapo dos Vieiras. 
Informações: blog do Pedro Jorge.

SANTA RITA - TRIÂNGULO AMOROSO RESULTA EM TENTATIVA DE HOMICÍDIO NA RESIDÊNCIA DA ACUSADA FOI ENCONTRADA A ARMA DO CRIME, SUJA DE SANGUE.



Um triângulo amoroso resultou em uma tentativa de homicídio na Comunidade Pedreiras, Santa Rita. José Ivan de Jesus Santana de 25anos foi lesionado gravemente por um profundo golpe de facão na região do tórax, tendo que ser levado às presas para São Luis, o fato se deu depois que a vitima descobriu a farsa.

Os suspeitos de terem cometido o crime foi sua esposa identificada por Francineide Pereira dos Santos, 34 anos, esta empreendeu fuga, sendo interceptada horas depois pela guarnição de plantão e o sobrinho da vitima sendo Francisco de Jesus Santana Filho, 20 anos, que está foragido, ambos São moradores da Rua da Piçarreira, naquela comunidade. 

Na residência da acusada foi encontrado a arma do crime, suja de sangue. A mesma foi apresentada na DPC local.

BB PODE TER SIDO ESPANCADO ATÉ A MORTE EM PINHEIRO MA.



Na última sexta-feira (07), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência  SAMU de Pinheiro recebeu um chamado informando  que um recém-nascido estaria desmaiado na vila Zé Genésio.

Chegando ao local, foi constatado que o bebê estava morto, tendo lesões no crânio e no corpo. A polícia foi acionada e ao interrogar a mãe da criança, a Sra.  R. N. D.alegou não saber o que teria acontecido.

A mãe alegou só ter atentado para o recém-nascido quando sua outra filha de 6 anos viu que estava saindo sangue do nariz do bebê. O corpo de bombeiros deu todo apoio para condução do corpo, que segundo os delegados foi encaminhado para o IML, para ser apurado os reais motivos da morte da criança.

A policia investiga o caso, as suspeitas é que a criança tenha sido morta por espancamento.

Informações de Gleicy Ferreira

domingo, 9 de julho de 2017

Assassino que matou agente penitenciário na tarde deste domingo é natural de Turiaçu MA.


Conhecido por Idael Melo (foto abaixo), o assassino que tirou a vida do agente penitenciário Jorge Luis Lobo da Cunha, no período da tarde de hoje (reveja), domingo, na Avenida Litorânea, foi preso. Natural de Turiaçu, o matador já tirou outra vida na porta do Bar Matuttus, na Cohama. A primeira vítima foi um mototaxista.

O agente penitenciário Luis Lobo saia de um bar na Avenida Litorânea de mãos dadas com a esposa quando o assassino surgiu de um matagal nas margens da via e foi logo disparando contra a vítima que morreu no local. Ele foi preso na ocasião da primeira morte, mas solto depois de alguns meses.  Abaixo a arma do matador.

Agente penitenciário é assassinado em um bar na Avenida Litorânea.

Do blog do Vandoval

Resposta rápida!! polícia prende matador chorão.

SPCI.

Acaba de ser preso e está sendo autuado nesse momento, no começo da noite, na DP de Sta. Quitéria,  WEIDSON ROBERT O SOUSA LOPES. O mesmo é suspeito de ter roubado e assassinado WILSON ALMEIDA FORTES quando este se encontrava na porta de sua residência manuseando seu aparelho celular. O suspeito deu voz de roubo, momento em que a vítima teria reagido, motivo pelo qual o suspeito lhe desferiu uma facada na altura do tórax, levando a vítima a óbito. 

Imediatamente este Delegado Regional determinou que fossem  iniciadas diligências o que foi feito buscas em conjunto pela Polícia Civil e militar, logrando êxito em localizar o suspeito.


Após isso determinei o deslocamento do Delegado de plantão até o local para ajudar nas diligências. 

O mesmo está sendo autuado pelo Delegado de plantão, Dr. Rubem Sérgio pelo crime de Latrocínio.

Jacqueson Ferreira
Del Reg Chapadinha.

Três pessoas morrem após colisão entre ônibus e motocicleta na BR-222

Um grave acidente na BR-222 envolvendo uma motocicleta com três ocupantes e um ônibus foi registrado na madrugada deste domingo (09). As três pessoas que estavam na motocicleta morreram no local. O trágico acidente de acordo com a PRF, aconteceu no km 447 da BR 222, próximo ao povoado Santo Onofre, pertencente ao município de Santa Luzia (do Tide), na parte centro norte do estado do Maranhão.



Informações dão conta de que os ocupantes da moto Honda NXR 150 de placa NXM-4495 estariam vindo de um show que aconteceu no povoado Santo Onofre e retornavam para o povoado Floresta, localizado naquela região. Ainda próximo de Santo Onofre o veículo entrou para a contramão de direção e colidiu frontal com o ônibus MBENZ / MPOLO PARADISO R, placa JJB-6613, que resultou na morte dos três ocupantes da motocicleta, identificados como:

Domingos Lima da Silva, 34 anos, condutor; E. M. A. de 16 anos e Maria Sônia Teles da Silva 36 anos. Nenhum ocupante do ônibus se feriu.
Do blog do neto Weba.

URGENTE: Agente Penitenciário é assassinado na Avenida Litorânea




Um homem foi assassinado na tarde deste domingo (9), na Avenida Litorânea, um dos principais cartões postais de São Luís.

No momento muitas pessoas estavam no local. 

O crime ocorreu no calçadão da Litorânea, próximo ao Bar Espuma do Mar, segundo relatos da polícia militar, a vítima é um agente penitenciário, o autor foi capturado pela Viatura da Litorânea (CB Enos). 

A ocorrência segue em andamento, o CPU (Sgt Serrão) está no local do Homicídio e a VTR Litorânea conduzindo o autor ao Distrito Policial.

Policiais da Companhia de Turismo da Polícia Militar, (Cptur) responsável pela segurança na área se encontram no local, além do helicóptero do GTA que faz o suporte pelo alto.


Bebê é encontrado dentro de uma caixa de papelão em Pinheiro MA





Na manhã deste domingo (09), na rua Naiza,no Centro, na cidade de Pinheiro distante 341 Km de São Luis, um bebê recém-nascido foi abandonado numa caixa à porta do comercio do Sr. Domingo. O dono do estabelecimento encontrou a criança e em seguida acionou a policia. 

A criança foi levada para o hospital Materno infantil da cidade. Ainda não temos informações do quadro de saúde da criança.

A qualquer momento o blog trará mais informações sobre o caso.
Blog do neto Weba.

Criminosos iam matar Guarda Municipal Suspeitos São de Itapecuru Mirim.


Foragidos da justiça são detidos pela PM e a suspeita é que se preparavam para executar dois guardas municipais
Jean Conceição, de 20 anos de idade, suspeito de duas tentativa de homicídio, roubo a motocicleta e mandado de prisão em aberto, foi detido pela Polícia Militar neste sábado (8), por volta das 12h30, em Alto Alegre do Maranhão. Com ele estavam uma menor de idade e Thiago Fernandes Abreu Corrêa, também de 20 anos, suspeito de homicídio, tentativa de homicídio, assalto a uma cervejaria, receptação de motocicleta roubada, violação da tornozeleira eletrônica e mandado de prisão em aberto.

Os três residem no município de Itapecuru e se encontravam em uma residência localizada no bairro Santa Luzia.

A suspeita é que Jean Conceição e Thiago Fernandes estavam em Alto Alegre do Maranhão com o objetivo de executar dois guardas municipais. A menor de 15 anos de idade seria namorada de Jean Conceição.

Na ação foram apreendidos: 01 (um) revólver calibre 38 com numeração suprimida e 03 (três) munições intactas do mesmo calibre.
Informações:blog do Sérgio Matias.




← Postagens mais recentes Postagens mais antigas → Página inicial
Luzimar Rodrigues