IGARAPÉ DO MEIO. ASSALTO OU EXECUÇÃO?

dezembro 29, 2016 0

Na tarde desta quinta-feira (29), foi registrado um assassinato na zona rural do município de Igarapé do Meio. Raimundo de Nazaré Silva Junior de 34 anos, foi vítima de um disparo por arma de fogo (calibre ainda desconhecido) na cabeça.
Informações repassadas ao Jornal A CORDA foram de que três homens entraram no táxi de Raimundo Silva na cidade de Vitória do Mearim e ao chegar próximo ao restaurante pesque-pague, localizado no Povoado Fazenda União, zona rural de Igarapé do Meio, obrigaram o motorista a entrar no local e, efetuaram dois disparos contra sua vítima – na cabeça. Logo após cometer o crime os suspeitos fugiram do local rumo ao Povoado Cajazeiras – que também é de Igarapé do Meio, mas uma testemunha contou ao Jornal A CORDA que os mesmos tentaram pegar uma van no posto 7, mas o cobrador percebendo que um dos homens estava com uma arma de fogo, fechou ligeiramente a porta do veículo e pediu para que o motorista arrancasse. “Eles ainda correram um pouco atrás da van, mas não dispararam contra o carro.”, disse a testemunha.

Vítima de um disparo por arma de fogo. Raimundo Silva
Além dos três homens, há uma mulher e, segundo a polícia, ela não tem envolvimento no crime, pois também embarcou no táxi em Vitória do Mearim. Mas a polícia espera que a mulher – ainda não identificada, compareça à delegacia para dar seu depoimento a cerca desse caso, pois ela, segundo testemunhas, pegou um veículo em direção a cidade de Vitória do Mearim.
Um taxista – amigo da vítima, contou aos policiais que transportou os suspeitos de Santa Inês a Vitória e que os três queriam voltar com ele, mas o taxista – que preservaremos sua identidade, disse que quem estaria na vez naquele momento seria seu colega de trabalho Raimundo Silva. A polícia civil e militar esteve no local e o caso está sendo investigado. Até o momento ninguém foi preso.
O taxista foi morto no banco do motorista. Ele usava o cinto de segurança. NOVAS INFORMAÇÕES A QUALQUER MOMENTO.

0 Comentarios "IGARAPÉ DO MEIO. ASSALTO OU EXECUÇÃO?"