sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Mulher de Trizidela do Vale reage a assalto e agride com três capacetadas ladrão de moto em Pedreiras


No meio da manhã desta sexta-feira, 03, aconteceu uma tentativa de furto de motocicleta no centro da cidade de Pedreiras (MA). O ladrão não contava com a reação violenta da vítima.
Segundo informações, por volta das 10 horas, uma senhora, nome não informado, mas que reside em Trizidela do Vale, visitava algumas lojinhas que vende produtos religiosos, ao lado do Centro Comunitário Paulo VI, próximo a Igreja de São Benedito.

Ela examinava algumas imagens, quando percebeu que um homem tentava furtar sua motocicleta estacionada em frente. Sem pensar duas vezes, a mulher partiu para cima do ladrão, que estava armado com uma faca. Ela deu três ‘capacetadas’ seguras na cabeça do elemento, porém, mesmo sendo agredido, o elemento insistia em levar a moto.

A mulher então gritou pedindo socorro. A região é bem movimentada e não demorou para dezenas de populares vir em seu socorro. O ladrão, assustado, largou a moto e correu pelas vielas da região, enquanto o povo logo atrás: “pega, ladrão, pega ladrão!”

Ele foi pego próximo ao mercado central, completamente cercado e dominado,  aconteceu o esperado: populares deram continuidade a pisa iniciada pela dona da motocicleta. O ladrão foi agredido severamen te e só não foi linchado até a morte, porque uma patrulha da polícia militar chegou a tempo e o levou para o DP.
Mais em continua...


Segundo informações, ainda não confirmadas, o elemento tem os distintos apelidos de “Cu Branco” ou “Rato Branco” e seria morador do Bairro Nova Pedreiras. Segundo um vigia que trabalha naquela região, "Cu Branco", costuma agir naquela área e teria arrombando uma casa na Rua da Independência, ontem. 


Olha, sempre é bom lembrar o conselho das autoridades de segurança: não reaja em caso de assalto em hipótese alguma; essa senhora deu sorte e o ladrão deu azar. Nem sempre isso acontece.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Luzimar Rodrigues