quarta-feira, 7 de março de 2018

Laudo atesta que empresário Davi Bugarin agrediu namorada, antes de ser assassinado por sogro


De acordo com o delegado da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa, Lúcio Reis, os laudos comprovaram diversas lesões no corpo de Ingrid, causados por instrumentos cortantes e pontiagudos. Ela teria sido atingida na cabeça, braços, pernas e nariz.
O laudo cadavérico de Davi confirma parcialmente a versão apresentada por Walber Pestana. “Apenas um tiro atingiu Davi. Na lateral esquerda do tronco, altura da região axilar. O senhor Walber acreditou ter acertado dois tiros na vitima, mas foi apenas um. Não foi relatado nenhuma outra lesão externa no corpo de Davi”, explicou o delegado.
As informações são do MA10.com.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Luzimar Rodrigues