Artilharia de guerra é aprendido no Maranhão

maio 09, 2018 0

Um fuzil calibre .50 capaz de derrubar uma aeronave e com preço estimado no “mercado negro” em R$ 50 mil foi apreendido nesta terça-feira (08) pela polícia Civil do Maranhão por meio de uma ação do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF), contando com apoio do Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO), ambos da SEIC.
A apreensão aconteceu no bojo das diligências que culminaram na prisão de Clauton Barbosa Gonçalves, também conhecido por dois apelidos: “Seco” ou “Gato”, ocorrida na última sexta-feira. O meliante é apontado como um dos maiores assaltantes de carro-forte da região norte-nordeste.
A arma de uso exclusivo das Forças Armadas tem capacidade de atingir um alvo com precisão a 1,8 km e tem “altíssimo” poder de destruição. O fuzil se caracteriza por ser uma arma antimaterial, o que significa que ela é para ser utilizada contra alvos barricados, edificações, veículos, aeronaves. Não é geralmente utilizado contra alvos humanos.

0 Comentarios "Artilharia de guerra é aprendido no Maranhão "