quinta-feira, 12 de julho de 2018

Vereador NECÓ pede revitalização do forte vera cruz um patrimônio de Rosário






O Forte da Vera Cruz do Itapecuru, também conhecido como Forte do Calvário,
 localizava-se na margem esquerda da foz do rio Itapecuru, antiga Calvário do Itapecuru,
hoje município de Rosário, no litoral do estado brasileiro do Maranhão.
O vereador NECÓ solicitou a revitalização do forte vera cruz segundo o parlamentar; esse patrimônio não pode continuar assim; abandonado. Ele disse ainda, que a presente 
propositura tem como objetivo sensibilizar o Governo Federal,
 a participar da revitalização do aludido patrimônio histórico, 

visto que Rosário nasceu em 1620 à margem esquerda da foz do 
Rio Itapecuru, com a construção do Forte Vera Cruz no litoral do Estado brasileiro.



"Estamos a caminho do 4º centenário de existência,
 recentemente no dia 06 de abril do fluente ano comemoramos 
398 anos de história.
o tempo urge no que tange à necessidade do resgate da 
cultura e da valorização da nossa história, colocando Rosário no roteiro turístico do nosso Estado e País e para isso o Município precisa urgentemente de amplo investimento em políticas públicas de turismo, ferramenta indispensável para impulsionar o desenvolvimento social.


Rosário está localizado numa área estratégica a 60km da capital maranhense, 
com população acima de 40.000 habitantes, cidade portal dos Lençóis
 Maranhense, maior corredor turístico da América Latina, diante da importância do
 Município para Estado no que se refere ao desenvolvimento industrial e o fabuloso potencial turístico, cultural e folclórico, necessita, portanto, urgentemente estruturar-se afim de oferecer aos visitantes locais para as práticas de atividades culturais, turísticas, entretenimento e lazer". 
Para o vereador, o patrimônio arquitetônico histórico de uma cidade faz parte da origem do povo, tendo em vista que narra a história dos antepassados e consolida a raiz cultural da população.


Finalmente, a revitalização do forte de Vera Cruz é um anseio antigo da população
 rosariense, que orgulha-se de fazer parte da história do Brasil por conta das batalhas 
que foram travadas em território rosariense que proporcionaram vitórias 
significativas para o nosso povo, e que deve ser valorizado e divulgado em todo o Brasil.

Isto posto, a presente proposição dispõe de amparo de natureza constitucional
 (legislar, concorrentemente) no Artigo 23, Incisos II e VI da Carta Magna Pátria.
Segue em apenso, cópia de Proposta Nº 009962/2013, devidamente cadastrada no 
Sistema de Gestão de Convênios – SICONV.

0 comentários:

Postar um comentário