DEPUTADO JEAN WYLLYS DESISTE DO MANDATO: VEJA A REPERCUSSÃO

janeiro 25, 2019 0

Deputado federal havia sido reeleito para terceiro mandato, mas abriu mão nesta quinta (24) de assumir o cargo. Posse estava marcada para 1º de fevereiro. Políticos, entidades e imprensa internacional comentaram o caso.




Deputado Jean Wyllys

O deputado federal Jean Wyllys, reeleito para um terceiro mandato, comunicou nesta quinta-feira (24) que não assumiria o cargocitando que estava sofrendo ameaças de morte e difamação. Veja como a renúncia repercutiu:


POLÍTICOS QUE COMENTARAM


  • HAMILTON MOURÃO

Vice-presidente da República, Hamilton Mourão.


O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, se manifestou nesta sexta (25) sobre a saída de Wyllys: “quem ameaça parlamentar está cometendo um crime contra a democracia. Uma das coisas mais importante é você ter sua opinião e ter liberdade para expressar sua opinião”, disse.


  • CIRO GOMES

Ex- candidato à Presidência, Ciro Gomes.

O ex-candidato à Presidência, Ciro Gomes, fez um apelo, em sua página no Facebook, para que Wyllys reconsiderasse a decisão:
"Estou profundamente indignado com a situação que leva um jovem parlamentar a não se sentir mais seguro em seu país e ter que ir embora para o exterior enquanto as autoridades brasileiras descambam para a canalhice pura e simples. Mesmo reconhecendo a gravidade de todas as ameaças, faço um apelo, se ainda for tempo, para que Jean Wyllys reflita e decida seguir lutando no Congresso Nacional contra todas essas barbaridades. Muitos resistiremos".

  • JANAÍNA PASCHOAL

Deputada estadual de São Paulo, Janaína Paschoal.

Deputada estadual eleita por São Paulo com a maior votação na história do país, Janaína Paschoal comentou o caso no Twitter, afirmando que"quando esse parlamentar noticia que a causa da renúncia é ameaça, penso ser imperioso investigar. Já não é uma situação pontual, atinge a Democracia", disse.


  • RODRIGO MAIA

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia divulgou nota nesta quinta (24) na qual afirmou que ninguém pode ameaçar um deputado e sentir-se impune:
"Lamento a decisão tomada pelo deputado Jean Wyllys. Como presidente da Casa, e seu colega na Câmara, mesmo estando em posições divergentes no campo das ideias, reconheço a importância do seu mandato. Nenhum parlamentar pode se sentir ameaçado, ninguém pode ameaçar um deputado federal e sentir-se impune", afirmou Rodrigo Maia na nota.

  • DILMA ROUSSEFF

Ex-presidente da República, Dilma Rousseff.

A ex-presidente da República Dilma Rousseff se manifestou sobre a saída de Wyllys em posts no Twitter:

Dilma Rousseff no twitter

0 Comentarios "DEPUTADO JEAN WYLLYS DESISTE DO MANDATO: VEJA A REPERCUSSÃO"