É PRESO NO MARANHÃO SUSPEITO DE MATAR MULHER ESTRANGULADA EM RORAIMA

janeiro 26, 2019 0

Crime de feminicídio aconteceu na noite do dia 8 de dezembro de 2018, na casa da vítima. Corpo de Edilene Silva Mendes, de 32 anos, foi encontrado pelo filho.



Franciso Mendes de Souza. / Foto: Policia RR.

Uma ação conjunta da Polícia Civil de Roraima 
com a Polícia Civil de Bacabal, no Maranhão, 
resultou na prisão de Francisco Mendes de Souza, 
de 38 anos, suspeito de matar a ex-mulher, 
a auxiliar de serviços gerais Edilene Silva Mendes, 
de 32 anos, estrangulada.
Ele foi preso na noite dessa sexta (25) 
pela Delegacia Especializada de Atendimento 
à Mulher (Deam) de Bacabal depois de ter a
 prisão preventiva decretada pelo juiz Eduardo 
Alvares de Carvalho do Tribunal de Justiça 
de Roraima.
O crime de feminicídio aconteceu na noite 
do dia 8 de dezembro de 2018, na casa da
 vítima, no bairro Professora Araceli Souto 
Mayor, zona Oeste de Boa Vista.
De acordo com informações prestadas 
pelo delegado que preside as investigações, 
Jorge Wilton Nepomuceno, a vítima
 foi casada com o suspeito, com quem 
teve três filhos.
O casal estava separado, mas se 
comunicava por causa dos filhos. 
No dia do crime, o homem convidou 
a ex-mulher para passear na cidade em 
companhia dos três filhos.
No retorno para casa, segundo o delegado, 
as três crianças foram dormir e o casal ficou
 junto. Pela manhã, o filho mais velho do
 casal foi acordado pela irmã de 5 anos de 
idade que lhe dizia que a mãe estava com 
algum problema e não acordava. A menina 
chegou a relatar ao irmão mais velho que 
viu o pai deixando a casa, mas que ele não 
chegou a se despedir.
O garoto encontrou a mãe desacordada 
e pediu ajuda aos vizinhos, que constataram 
que ela estava morta e com marcas de 
estrangulamento. O suspeito, mas se 
apresentou dias depois e confessou ter
 matado a ex-mulher, porque ela estaria se
 relacionando com outra pessoa.
“Ao longo das investigações, ouvimos várias testemunhas. Inclusive recebemos relatos de que a vítima, enquanto estava casada com o infrator, chegou a sofrer violência doméstica. Com base nestas informações, decidimos reinquirir Francisco de Souza, para confrontarmos com os dados que nos foram repassados. Entretanto ele não foi localizado por nossa equipe”, destacou o delegado.
As investigações apontaram que antes 
de cometer o crime, Francisco fez um saque 
no valor de R$ 6 mil. A suspeita é que ele 
usou o dinheiro para fugir de Roraima, logo 
após ter se apresentado à polícia.
“Foram realizadas várias diligências em Roraima, mas todas frustradas. A partir daí entendemos que o acusado estava foragido”, afirmou o delegado.
A diretora do Departamento de Homicídios 
e Proteção a Pessoa, Elivânia Roberta de 
Aguiar, foi contatada na manhã dessa sexta, 
pela delegada Maria Augusta Santos Dominici, 
da Deam de Bacabal informando que 
Francisco de Souza encontrava-se naquela cidade.
“Com essa informação, o delegado Jorge Wilton representou pela prisão preventiva de Francisco de Souza. Ele foi preso na cidade de Bacabal, no início da noite de sexta-feira, pela delegada Maria Augusta Dominici, da Deam daquela cidade. Foi de extrema importância o apoio da delegada de Bacabal com sua equipe para que tivéssemos êxito na prisão do infrator”disse a diretora.

Crime premeditado

Segundo o delegado Jorge Wilton, as 
investigações apontam que Francisco 
premeditou o crime.
Uma semana antes do crime, ele fez 
o saque do dinheiro, informou a Civil. 
Colegas de trabalho dele chegaram 
a ouvi-lo dizer que a mataria, mas 
achavam que seria porque estava 
em momentos de raiva ou de ciúmes.
Na noite do crime, de acordo com a 
Polícia Civil, logo após sair com a família, 
os três filhos do casal tiveram problemas
 de saúde e relataram que teriam ficado 
muito sonolentos e com "desarranjos intestinais".
“Há essa suspeita de que ele tenha dopado as três crianças, para assim poder cometer o crime que, para nós, foi premeditado”, destacou.
A prisão preventiva foi decretada pelo
 juiz Eduardo Alvares de Carvalho, 
para garantia da ordem pública e por 
conveniência da instrução criminal. Segundo
 o delegado, o suspeito foi preso no 
momento em que tentava deixar o Maranhão.

0 Comentarios "É PRESO NO MARANHÃO SUSPEITO DE MATAR MULHER ESTRANGULADA EM RORAIMA"