Prefeito Luciano suspende aulas presenciais de escolas públicas e privadas por 15 dias

junho 01, 2021 0

O aumento no número de casos da covid-19 em Pinheiro tem preocupado a gestão que buscou instituir novas medidas de combate a pandemia, mais restritivas essas medidas têm o intuito de diminuir a curva de contágio e a pressão no sistema de saúde do município. Além do decreto nº 043 de 31 de maio de 2021 que estabelece regras para o funcionamento do comércio, a Prefeitura de Pinheiro publicou também o decreto nº 044 de 01 de junho de 2021, que suspende as aulas presenciais da rede pública e privada do município por 15 dias. Estão suspensas as aulas nas modalidades de ensino: infantil, fundamental, médio e superior. Ficando autorizado o ensino de forma remota, virtual ou à distância. 

Os alunos da rede pública municipal de ensino iniciaram o ano letivo na modalidade remota, visando a segurança de alunos e professores, já que a prefeitura ainda não possui a estrutura necessária para oferecer todos os protocolos de segurança para o retorno presencial. Os alunos da rede particular de ensino em Pinheiro já haviam retornado às aulas presenciais, as escolas executam a modalidade híbrida onde os pais ou alunos têm autonomia para escolher o ensino presencial ou à distância. O perigo das aulas presenciais é a disseminação do vírus, já que as crianças na maioria dos casos são assintomáticas e podem transmitir o vírus mesmo assim. 

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, o município possui um total de 441 casos ativos, ou seja, pessoas que estão com o vírus no organismo e estão apresentando sintomas leves, moderados e até graves da doença. Uma pressão no sistema de saúde local que preocupa. 90% dos leitos de UTI das unidades de saúde estão ocupados. Para que não haja o colapso foi necessário impor novas medidas, dessa vez bem mais restritivas.

0 Comentarios "Prefeito Luciano suspende aulas presenciais de escolas públicas e privadas por 15 dias"