Matador de jumento foi parar no xilindró

agosto 02, 2018 0

Acusado de matar jumento a facadas é preso pela Polícia Militar de Esperantinópolis-MA

Foi preso em Esperantinópolis, na rua Rio Grande do Norte, por policiais militares, na madrugada desta quinta-feira (02), Francisco Firmino de Araújo Filho (Sabiá) de 29 anos,  ele é acusado de matar de maneira covarde e impiedosa um jumento no dia 31 de julho , onde quatro homens foram acusados de desferir golpes de faca contra um jumento, cometendo assim crime ambiental, o animal veio a óbito no local. A prisão só foi possível graças a denúncias anônimas.  

A guarnição da Policia Militar foi chamada ao local, onde comprovou a veracidade das informações e efetuou a detenção do acusado, encaminhando ele para a Delegacia de Polícia Civil de Esperantinópolis, para ser autuado na forma da lei.

Matar Jumento ou qualquer outro animal é crime. Não importa se o animal é doméstico, domesticado, silvestre, nativo ou exótico. O que trata disso é o artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais, de 1998. A lei prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal. Se houver a morte do bicho, a pena aumenta até um terço.

Fonte: Carlos Barroso 

0 Comentarios "Matador de jumento foi parar no xilindró "