segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Em Codó MA. Mãe queima os dedos do próprio filho no fogareiro por causa de 50 Reais.


(Foto: Divulgação)
Na cidade de Codó, a 290 km de São Luís, uma mãe é suspeita de ter queimado os dedos do próprio filho nas brasas de um fogareiro. Por motivos de segurança, a identidade da mãe e do garoto foram mantidas em sigilo, mas há informações de que o menino tem apenas 6 anos de idade.
A mãe já foi ouvida por duas conselheiras tutelares e, segundo o depoimento, o garoto estaria desejando um brinquedo que sua mãe negou, porém o menino teria visto quando ela guardou uma nota de 50,00R$ em casa. Quando a mulher saiu para o trabalho, a criança teria pegado o dinheiro, comprado o brinquedo e colocado no lugar somente o troco da compra, ao perceber o ocorrido, a mãe irritou-se profundamente e decidiu castigar a criança colocando suas mãos no fogareiro.
Apesar do caso chocar as conselheiras responsáveis, estas acabaram comovendo-se com a situação da família. A mãe, suspeita da agressão, é solteira, cria o garoto, a irmã dele – que tem problemas de paralisia cerebral – e ainda cuida de uma mãe que sofre problemas mentais.
Segundo a conselheira tutelar Rosa Moura Silva a mãe será responsabilizada pelo seu ato, mas neste momento ela está precisando mais de ajuda do que de ser penalizada. Por esse motivo, decidiu acionar os órgãos de defesa social do município. Principalmente o Creas para dar auxilio à família em termos de assistência social, psicólogo. O Cras para assistir a família em termos do benefícios sociais. “A gente está tentando preservar essa família para que não venha mais sofrer punições porque a gente percebeu que ela não é essa mãe cruel como está sendo taxada.”
O menino agredido não foi retirado da residência onde teve os dedos queimados. O caso está sendo encaminhado ao Ministério Público.

0 comentários:

Postar um comentário